Coaching, consultores, consultores de pessoas, gestão de pessoas, recursos humanos, Avalização Pscicologica, seleção de talentos

Programa de Desenvolvimento de Equipes

+ Leia mais

Seleção de Talentos

+ Leia mais

Programa de Integração de novos colaboradores

+ Leia mais

Diagnóstico Dinâmico Organizacional

+ Leia mais

Avaliação Psicológica

+ Leia mais

Programa de Capacitação e Desenvolvimento de líderes e gestores

+ Leia mais

Artigos

STRESS: CAUSAS E FORMAS DE PREVENÇÃO

Pessoas sobrecarregadas de grandes responsabilidades ou que vivem sob constante pressão são mais suscetíveis a desencadear o stress. Quando o stress se prolonga por meses provoca alterações no organismo e na vida emocional.
Segundo a psiquiatra Alexandrina Meleiro do Departamento de Psiquiatria da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo os sintomas mais comuns do stress são dores de cabeça constantes, dores nas articulações, ansiedade, depressão, compulsão (por álcool, cigarro, comida ou compras) ou aumento da pressão arterial.
Algumas formas de evitar ser pego de surpresa são fazer avaliação médica anualmente e investir em momentos de lazer, que proporcione prazer e não gerar mais cobranças.

AVALIE SEU NÍVEL DE STRESS
Você tem evitado contato com as pessoas? ( )Sim ( )Não
Há dificuldade de desligar-se do trabalho quando está fora dele? ( )Sim ( )Não
É difícil repartir as responsabilidades, pois você está cercado de incompetentes? ( )Sim ( )Não
Sente-se ansioso e inquieto na maior parte do tempo? ( )Sim ( )Não
A falha de memória está prejudicando seu desempenho nas atividades diárias? ( )Sim ( )Não
Você não consegue deixar seu celular desligado? ( )Sim ( )Não
Sua agenda está excessivamente sobrecarregada diariamente? ( )Sim ( )Não
Sente dores de cabeça quase todos os dias? ( )Sim ( )Não
Perde o controle no trânsito com freqüência e sem motivo? ( )Sim ( )Não
A exigência e a perfeição são suas constantes companheiras? ( )Sim ( )Não
O barulho durante o trabalho deixa-o irritado? ( )Sim ( )Não
Tem dificuldade para dormir? ( )Sim ( )Não
Há mais de dois anos que você não tem férias de verdade? ( )Sim ( )Não
Sua pressão arterial tem-se alterado? ( )Sim ( )Não
Tem sensação de cansaço ao despertar? ( )Sim ( )Não
Vive irritado com tudo e com todos? ( )Sim ( )Não
É difícil priorizar por qual trabalho deve começar? ( )Sim ( )Não
Fica angustiado em pensar que vai para o trabalho? ( )Sim ( )Não
Sente-se desconfortável ou com remorso quando não está fazendo nada? ( )Sim ( )Não
Atropela os horários sentindo-se sempre afobado? ( )Sim ( )Não
Tem estado inseguro na hora de tomar decisões? ( )Sim ( )Não
As dores nas costas aumentaram muito? ( )Sim ( )Não
Aproveita o horário de almoço para resolver os assuntos de trabalho? ( )Sim ( )Não
Tem vontade de explodir com seu chefe (ou com seu subalterno)? ( )Sim ( )Não
Você sonha frequentemente com questões relativas ao trabalho? ( )Sim ( )Não

RESPOSTAS:
Até 8 pontos: você está conseguindo enfrentar de modo saudável seu trabalho e há chances de atingir o sucesso profissional.

De 9 a 17 pontos: seu trabalho não tem sido uma fonte de gratificação. Reveja o que pode ser mudado e planeje melhor suas atividades. Invista em descanso e lazer.

De 18 a 25 pontos: você tem tido dificuldade de enfrentar situações e colocar limites. Se não mudar seu comportamento, terá a saúde abalada no campo físico e emocional. Procure a ajuda de um médico para diminuir seu nível de stress.

Fonte: Revista Você S/A
Dezembro 2010

<Voltar