Coaching, consultores, consultores de pessoas, gestão de pessoas, recursos humanos, Avalização Pscicologica, seleção de talentos

Programa de Desenvolvimento de Equipes

+ Leia mais

Seleção de Talentos

+ Leia mais

Programa de Integração de novos colaboradores

+ Leia mais

Diagnóstico Dinâmico Organizacional

+ Leia mais

Avaliação Psicológica

+ Leia mais

Programa de Capacitação e Desenvolvimento de líderes e gestores

+ Leia mais

Artigos

RESILIÊNCIA NO MUNDO DO TRABALHO: SERÁ QUE É PRECISO?

Quem nunca sofreu críticas ou esteve sob pressão no ambiente de trabalho? A diferença está na forma que cada pessoa lida com estas situações. Luiz Carlos Cabrera descreve resiliência no ambiente de trabalho como a “capacidade de resistir às pressões e às frustrações sem perder energia, sem se deformar psicologicamente”.

Dejours (1986) refere resiliência quando “há pessoas que, embora angustiadas, encontram-se em perfeita saúde”.
No mercado atual há uma escassez de jovens profissionais que sejam resilientes, podemos relacionar isso com o fato de os pais superprotegerem seus filhos, impedindo que eles vivenciem momentos de frustração e pressão. Tornam-se então indivíduos com pouca resistência a esse tipo de situação.

Ainda segundo Luiz Carlos Cabrera, podemos pensar em maneiras de um profissional resolver esta questão. Pode desenvolver esta resistência participando de situações que tenham desafios à serem gradualmente superados, por exemplo atividades esportivas, aprendizado de trabalhos manuais ou instrumentos manuais. Outra maneira é aprimorando o autoconhecimento.
Diante de uma situação desagradável no seu ambiente de trabalho então, tente ajustar seu comportamento e suas reações, este é o primeiro passo para preservar um relação saudável entre você e o seu trabalho.

Citações de: BARLACH, L; LIMONGI-FRANCA, A. C., &  MALVEZZI, S. (2008). O conceito de resiliência aplicado ao trabalho nas organizações. Interam. j. psychol. [online], 42(1), pp. 101-112.

Fonte: Revista Você S/A
Março 2011

<Voltar